Gestão

Como emitir Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) no restaurante?

Zak Team
April 27, 2022

A emissão de nota fiscal é um processo que pode ser burocrático para negócios novos e, por isso, o assunto causa diversas dúvidas para os empreendedores iniciantes.

O gerenciamento de um restaurante não é uma tarefa fácil: os gestores devem se preocupar com o controle de estoque, gestão de equipe, recebimento de pedidos do salão e delivery, qualidade no atendimento, entre outras funções. Sendo assim, as atividades fiscais podem ficar comprometidas no começo do negócio.

Contudo, a emissão da nota fiscal do consumidor eletrônica surge como um facilitador para o gestor do restaurante. Mas como emitir NFC-e de forma correta? Preparamos este post para te ajudar!

Qual a finalidade da nota fiscal do consumidor?

A nota fiscal do consumidor registra as transações realizadas entre uma empresa e o cliente final, garantindo direitos aos compradores. Ele também é fonte de imposto de transações e ajuda na organização das finanças do negócio.

Diante disso, todas as empresas prestadoras de serviço devem emitir a NFC-e. Porém, existem regras específicas para cada estado. Em São Paulo, por exemplo, é preciso emitir o cupom fiscal por meio de um equipamento conhecido como SAT. 

O SAT (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos) documenta, de forma eletrônica, as operações comerciais dos contribuintes varejistas do Estado de São Paulo. Em outros estados, não é necessário o equipamento para emitir a NFC-e.

A nota fiscal do consumidor eletrônica promove diversos benefícios para empresas de todos os setores, inclusive os restaurantes. Por ser emitida digitalmente, o documento reduz os gastos com armazenamento e otimiza o tempo. 

Além disso, a NFC-e contribui para simplificar processos tributários e burocráticos, permite a automatização da emissão e recebimento, têm validade jurídica e fiscal, contribui para relatórios de notas emitidas e, consequentemente, para o volume de vendas do negócio.

A emissão da NFC-e é obrigatória?

A emissão de nota fiscal é uma obrigação tributária para todas as empresas que prestam serviços ou comercializam mercadorias. Logo, restaurantes também devem emitir o documento. 

A falta do lançamento do documento pode implicar em sonegação de impostos. Isso porque os órgãos públicos não têm acesso aos dados de transação, o que resulta em diversos problemas para o restaurante, como multas e o fechamento do estabelecimento.

Contudo, não é motivo para desespero! Para ficar livre de problemas com os órgãos públicos de regulamentação e fiscalização, existem ferramentas que otimizam o processo e facilitam o dia a dia da administração do negócio.

Como emitir NFC-e no seu restaurante?

Para ajudar na emissão da nota fiscal do consumidor eletrônica, elaboramos algumas etapas a fim de simplificar a rotina do seu negócio. 

Lembre-se que cada estado tem regras específicas em relação à emissão do documento e, por isso, é importante acompanhar as normas da sua região.

Reúnas os documento e equipamentos necessários 

Antes de iniciar o processo de emissão de NFC-e no restaurante, é preciso ter alguns documentos e equipamentos que vão auxiliar o negócio, como:

  • Computador: o equipamento deve ter acesso à internet para conseguir acessar o sistema de emissão e realizar demais procedimentos essenciais;
  • SAT ou Focus: o equipamento SAT é indicado apenas para negócios no Estado de São Paulo, enquanto o Focus é sistema digital ideal para outros estados;
  • Certificado Digital A1: software para validação e fortalecimento dos mecanismos de segurança online e é possível emiti-lo junto a empresas especialistas;
  • Código de Segurança do Contribuinte (CSC): é possível obter essa informação através do site da SEFAZ (Secretaria da Fazenda) do seu estado, utilizando o seu certificado digital;
  • Dados tributários de produtos: cada item do seu cardápio deve ter informações como NCM, CEST (se houver) e Nome do grupo fiscal de cada produto.

Defina um sistema para emissão ideal para o seu restaurante

Após adquirir os equipamentos e documentos necessários, o primeiro passo é escolher um sistema de emissão de NFC-e. Um bom software para restaurante deve estar integrado ao ponto de venda (PDV) para emitir as notas automaticamente.  

Sendo assim, escolha um sistema que ofereça uma solução completa para o seu restaurante e integre todas as ferramentas de gestão. Com isso, é possível automatizar a emissão de notas, alimentar os relatórios financeiros e otimizar os processos do estabelecimento.

Faça o cadastramento fiscal dos produtos

As mercadorias comercializadas no seu restaurante precisam ser cadastradas no sistema. É importante o preenchimento correto das informações dos produtos para a emissão correta das notas fiscais. 

Para isso, conte com o auxílio de um contador ou empresas de contabilidade especializadas no setor gastronômico. 

Comece a emitir as notas fiscais do consumidor eletronicamente

Agora é só começar a emitir a NF-e! Com o PDV totalmente integrado com o sistema de gestão, basta selecionar a mesa, adicionar as informações sobre os produtos adquiridos e realizar o pagamento. Em seguida, selecione a opção de emissão de nota fiscal e inclua o CPF do freguês, caso ele queira.

Otimize a emissão de notas fiscais do seu restaurante com a Zak

Manter o restaurante de acordo com as normas fiscais é garantir a segurança dos fregueses e do negócio. A Zak é a aliada do seu restaurante: nós simplificamos toda a sua operação, ajudando a digitalizar e empoderar o seu negócio.

Nossa plataforma de gestão única permite emitir as notas fiscais eletrônicas de forma automática e rápida, evitando erros no procedimento. No sistema, você confere todos os lançamentos do restaurante e acompanha NF-e de fornecedores.

Além disso, ao cadastrar os produtos no sistema, é possível ter o controle de estoque, analisar relatórios financeiros e ter toda a autonomia fiscal do seu restaurante.

Conheça mais sobre nossas soluções pensadas especialmente para o seu restaurante! Acompanhe nossas redes sociais: LinkedIn, Facebook, Instagram, Twitter e Youtube.

Related Blogs